"Quero fazer da minha existencia lesbica feminista a produção crítica de mim mesma e do mundo!"

(frase criada por várias lésbicas feminista do Brasil- Marylucia Mesquita, Luanna Marley, Kaká Kolinsk...)

segunda-feira, 22 de junho de 2009

A Parada tá chegando!!!!!!!!!! (clique na imagem para ampliar)


A parada está aí...Domingo que vem!
E as mulheres lésbicas e bissexuais se organizaram e estão arrazando na visibilidade!
Sábado passado, foi nossa primeira ação contra o patriarcado e a invisibilidade lésbica, com uma ação políica na Ponte Metálica - Ponto turístico de Fortaleza que está sendo palco de lesbofobias e resistência da galera LGBT de Fortaleza.
Sexta feira uma intervenção política e artística vai ser realizada na Praça da Gêntilandia, com uma tribuna livre pra todo mundo dizer o que pensa sobre lésbianidade, bissexualidade, patriarcado, homofobia, feminismo e diversidade sexual.
E sábado vai rolar uma super oficina no teatro da praia, com diversos materiais pra costumização de camisetas, confeção de cartazes, faixas, standarts no Teatro da Praia (Rua José Avelino, 662 praia de iracema)
E domingo, no GRANDE DIA, vamos estar todas na frente do trio oficial, com uma bandeira enorme do arco-irís e muitas surpresas!
Compareçam na oficina, construam a visibilidade das mulheres lésbicas e bissexuais na
X Parada pela Diversidade Sexual do Ceará....




2 comentários:

Luciana disse...

Oie!!!
+ um ano... Tudo!!!
Queria saber como faço... Pra conseguir uma credencial do rio do lamce...
B-jinhos!!!
E-mail:lucianadesousa1@hotmail.com
Orkut:http://www.orkut.com.br/Main#Home.aspx

Ale Guerra disse...

Olá Luciana :)
Nós mulheres lésbicas e bissexuais, não só do LAMCE, mas de vários movimentos organizados, decidimos não levar trio esse ano pra parada.
Por que não?
por vários motivos, primeiro, colocar um trio na parada, embora seja visibilidade, temos que gastar + de 10.000 reais, e essa grana toda, a gente entende de deveria ser gasta com coisas + importantes, como formação política para mulheres lésbicas e bissexuais. Outra coisa é que só os "escolhidos" tem direito de subir no trio, ou seja, quem é do movimento fica lá em cima, e o resto fica lá embaixo. isso não é justo. A parada é de todas e de todos, ninguém deveria ter visão privilegiada. Outra coisa, é que o trio elétrico dá muito trabalho, e não é seguro. Teve um ano, que uma menina em cima do trio do lamce, esbarrou em um fio elétrico, caiu e teve o braço quebrado, tendo que ir pro IJF no meio da parada...
Por essas e outras, vamos nos concentrar todas as mulheres lésbicas e bissexuais na frente do trio. com uma batucada de + de 40 batuqueiros, faixas e cartazes para fazer a nossa parada + política e - turística....
espero ver vc por lá...
beijos!